Vulvoscopia, para que serve esse exame?

CONCEITO DE VULVOSCOPIA

Vulvoscopia é o exame da vulva realizado à vista desarmada ou as vezes com auxílio do colposcópio.

Antes de mais nada, o exame começa à vista desarmada, isto é: sem a ajuda do colposcópio. Olhamos toda a vulva e a região perianal.

Para elaboração do laudo, usamos a terminologia para vulvoscopia da Federação Internacional de Patologia Cervical e Colposcopia (IFCPC 2011). Essas terminologias têm, acima de tudo, facilitar o reconhecimento de padrões e alterações vulvares. No Brasil, a sociedade que cuida desse assunto é a ABPTGIC.

IMPORTANCIA DO CONHECIMENTO DA ANATOMIA DA VULVA

Acima de tudo, conhecer a anatomia do órgão a ser estudado bem como as patologias que podem ser encontradas é fundamental.

Conhecimento da anatomia é imprescindível para a realização de um exame adequado. Observar a pilificação, o monte de vênus, grandes e pequenos lábios, sulcos interlabiais,vestíbulo,clitóris, região perineal, assim como, região perianal e sulcos genitocrurais.

Conhecimento da Histologia. Pois a vulva apresenta múltiplos epitélios. Epitélio escamoso queratinizado ( onde contém foliculos pilosos, glandulas sudoríparas e sebáceas ), epitélio escamoso não queratinizado ( vestíbulo e face interna de peequenos lábios ). Além disso, cada um deles reage de maneira peculiar as agressões.

Conhecimento em doenças de pele e DST. Um grande número de patologias pode acometer esta região. Doenças cutâneas, DSTs, repercussões de patologias sistêmicas, lesões traumáticas, dermatoses, dermatites e até mesmo lesões neoplásicas. Em alguns casos é preciso a opinião de outro especialista, como urologista, dermatologista, infectologista, reumatologista, etc.

COMO É FEITO O EXAME:

Em primeiro lugar, o exame é feito em posição ginecológica, a mesma que se usa para o exame preventivo. Primordialmente, faz-se uma inspeção visual geral, onde podemos visualizar a olho nú a maioria das lesões. Então após usamos o colposcópio para caracterizar melhor os achados encontrados, oque facilita determinar a área a ser biopsiada.

ETAPAS DO EXAME:

Observação da vulva à vista desarmada, sem auxílio do colposcópio na intenção de identificar lesões clínicas e alterações da coloração, o que é mais difícil de ser notado com o uso da imagem magnificada.

Observação com o auxílio do colposcópio, é o passo seguinte, além disso, pode ser realizado com ou sem aplicação de líquidos reagentes.

 

Indicações de vulvoscopia:

  • Prurido vulvar crônico
  • Lesões de vulva
  • Indicios de HPV
  • A critério do médico assistente